Reimaginar a colaboração

O futuro das cidades inteligentes é colaborativo e baseia-se em comunidades de dados conectados

HxGN Smart Cities


Até 2050, 2 em cada 3 pessoas viverão em áreas urbanas, de acordo com especialistas da população das Nações Unidas (ONU) e a IDC prevê que, até 2024, os gastos das cidades e comunidades inteligentes serão de 203 mil milhões de dólares, com enfoque na segurança pública, no envolvimento cívico e nas plataformas de cidades inteligentes.

Uma verdadeira cidade inteligente é constituída por um ecossistema onde todos os participantes - do setor privado e público às ONGs e aos cidadãos - beneficiam e ganham valor com os investimentos.

Para ir além da típica coordenação, a verdadeira colaboração reúne todas as partes deste ecossistema onde as cidades ganham uma consciência partilhada mais ampla, para dar um contexto mais rico em torno de planos, locais, recursos, bens e ações para melhor informar as operações e permitir a coordenação.


Benefícios


Soluções